quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Jedicon SP 2008

Olá mais uma vez...
Eu tinha uma pequena lista de coisas que já devia ter postado aqui, maaasss... ando tão atolada de trabalho que fui adiando, adiando e adiando... E aí chegou a Jedicon! rs.
E não teve jeito, tive que passar na frente!

Não quero que esse blog se transforme em mais um lugar onde eu só falo de Star Wars e/ou Harry Potter (quem frequentava meu extinto flog vai lembrar porque digo isso, rs), mas como SW é cinema e HP é literatura (nas suas edições originais, claro), tá dentro da proposta deste cantinho... então acho que não faz mal falar disso de vez em quando! ;D

Todo ano é muito difícil falar sobre a Jedicon.
Eu não sou e não tenho a pretensão de ser jornalista ou algo de tipo, então não me vejo obrigada a fazer um texto 'certinho'. Só que este ano vai ser ainda mais complicado.
Prepare-se, pois o texto é loooooooooooooooooooooongo..


Essa Jedicon, pra mim não foi nem melhor nem pior. Quer dizer, foi infinitamente melhor que 2007, isso nem se discute...
Foi diferente!
Foi especial!
Foi cheia de sensações, impressões, nostalgia, saudade e outras emoções... E isso porque muitos elementos foram estritamente pessoais, coisas que é melhor deixar "em off".

Passei a noite em claro, que é como eu gosto de passar antes de toda Jedicon. Assim eu tenho tempo de sobra, com calma e paciência, para organizar tudo sem esquecer nada. Além de não perder a hora de jeito nenhum. Durante o dia com tanto barulho e gente falando comigo ao mesmo tempo, com as preocupações do trabalho e com tudo o mais a minha volta, isto seria impossível!
Desta vez bolei um 'Check List' que facilitou ainda mais minha vida.
E depois de todo o ritual da madrugada terminado, às 6h da manhã finalmente me sentei na sala - já de Leia Endor - para esperar meu pai acordar e me dar a carona até o Vale Sul. Normalmente eu adoraria ir a pé, só que com aquela bota que destrói meu pé todo ano e 4,5 kg de alimentos + equipamento numa mala que, no final, parecia pesar 1 tonelada... Sem chance!

As 6h45 já estava com meu fone de ouvido sentada no ponto da Dutra esperando a van da caravana. Bizarro uma Leia Endor sentada lá, no meio de um bando de trabalhadores 'normais' esperando os ônibus de suas empresas e ainda com uma ventania daquelas fazendo o poncho esvoaçar pra todo lado.

Não nego, os nervos estavam a flor da pele!
Durante a semana nem liguei muito... Mas durante a noite o pânico começou a se instalar.

Para minha surpresa, às 7h15 a van chegou.
Tantas outras vans já tinham parado ali até então, que não tinha como eu saber se era a minha. Os vidros com insulfim impediam ver quem estava dentro até eu ver o motorista me fazendo sinal.
Segundo o Edilson, quando chegaram, a galera fez uma baita festa pra mim, mas infelizmente eu não vi por causa do insufilm. Mas fiquei feliz em saber disso!!!
Achei que a parte de trás estivesse lotada, por isso sentei na frente com o motorista. Só no meio do caminho soube que ainda teríamos uma parada em Arujá. Me arrependi de ter ido na frente.
Mesmo assim consegui me meter em uma conversa ou outra e vi o 1º sabre da filinha do Gilson, hehehe... Ah, e claro que levei minha "faca" ou "adaga" de Luz rosa =P

Em Arujá não desci na padaria porque já tinha tomado café. Me arrependi de novo.
Era a oportunidade pra conversar um pouco melhor com o pessoal... Até porque tinha gente que eu não vi há muito, muitoooooo tempo... tipo uns 3 anos. Mas aí o celular, que já tinha umas 500 ligações perdidas daqui de casa, resolveu tocar.

Pegamos os 3 passageiros que faltavam e continuamos a viagem.

Quando descemos da van em frente a APCD era cerca de 9h da manhã.
Fomos conversando e entramos na fila normal e quando me dei conta tinha gente que já tava com a camiseta, então fui correndo procurar a Fabi. Pela 3ª vez passei por aquela maravilhosa cortina da Exposição Star Wars Brasil e encontrei a Fabi já ali na porta.
Ali mesmo já fiquei impressionada com o que encontrei: a fila começava em um espaço coberto; a bilheteria estava muito bem organizada, com cabines; o local mesmo da porta dava pra ver que era bem maior que a Bunkyo e, como eu já sabia graças ao Bothan, lembrava muito a FATEC...
Aí entra a nostalgia!
Aliás, nostalgia dupla... Pois foi na FATEC, em 2005, a primeira e única vez, até agora, que tinha usado minha fantasia de Leia Endor em uma Jedicon, na época totalmente improvisada.

Foi ótimo rever a Fabi logo no início!
Foi ótimo, depois das tantas coisas que aconteceram desde o fim do ano passado, poder lhe dar um bejio e um abraço.
Resolvi deixar a camiseta da minha padawan que não pode ir na bilheteria e voltei pra fila da caravana. Não demorou nem 10 minutos para entrarmos.

Outra surpresa da organização, pela 1ª vez eu não teria que carregar aquela malona o dia todo... Tínhamos onde deixar a bagagem.
Ah, que benção!!!
Muitissímo obrigada por isso!!!

Encontrei e cumprimentei a Lisa no stand do CJ e fui guardar as coisas, depois de deixar os kilos de alimento com o Zeca - que eu não aguentava mais carregar, rs.
O Chewie já estava na sala e assim que coloquei minha bolsa no chão fui cumprimentá-lo, mais uma vez feliz por poder rever alguém tão especial depois de tanta confusão. A essa altura eu já tava tranquila e relaxada. E foi aí que lembrei de entregar o meu presentinho a Fabi.

A primeira coisa que fiz depois disso foi ir para o banheiro tentar arrumar o cabelo, que eu não tinha feito ainda porque sabia que não sobreviveria à viagem.
Assim que saí do banheiro encontrei o Fabra, agitado como sempre. Antes de ir pro auditório encontrei alguns fantasiados e já aproveitei para tirar as primeiras fotos do dia.

Indo para o auditório encontrei o representante do JediMania, meu querido amigo de velhos tempos, Alan (o Revoltado de Alderaan) e sentei junto com ele e um amigo (cujo nome/nick esqueci, desculpe) para assistirmos a abertura, só que ainda era muito cedo. O auditório estava completamente vazio.
Cumprimentei o Jimmy, que passou rapidamente por nós e logo depois apareceu o Vitão, outro velho e querido amigo, sempre animado, cheio de surpresas e novidades.

Então o auditório foi se enchendo e começou o Vídeo de Abertura.
Mais uma vez aquela sensação de dejá vù. A música pesada (Live Wire - Mötley Crüe), do tipo "levanta platéia", lembrava (talvez propositalmente) os vídeos de abertura das Jedicons de 2004 e 2005. Porém, o autor do vídeo que me perdoe, não conseguiu ser igualmente contagiante e mágico.
Meu preferido continua sendo de longe o de 2004, que quase me fez levantar da cadeira.
Se fosse possível eu colocaria aqui para quem não viu, entretanto Titio George retirou os vídeos do Youtube, o que é uma pena pois os vídeos de abertura não infringem em nada os direitos autorais e, ao contrário, a Jedicon é um dos meios mais eficazes de divulgar a saga no Brasil!
Bem que alguém podia colocá-los no ar novamente. Eu não cheguei a baixá-los, senão eu mesma colocaria.

Depois ouvimos a carta enviada por Anthony Daniels, lida pelo Fabra e em seguida os representantes do CJSP (Chewie), CJDF (Hermes), CJRJ (Brian) e CJMG (Dani) trocaram as camisetas.



Aí começaram a falar de games e foi minha deixa para sair do auditório. Nada contra games (ao cnotrário, eu adoro!), mas o último aparelho que tive foi um Super Nitendo, então, pode-se ver como eu sou desatualizada neste assunto.

Era a hora de começar a gastar, hehehe...
Logo achei a nave da Zam Wessel, no stand da Acme, que era um sonho de consumo desde 2003. Fiquei em dúvida, mas no final acabei levando.
Passei o dia todo andando pra lá e pra cá, entre o auditório, o stand do CJ e a area social. Tirando fotos de todos os fantasiados que achei pela frente, tentando decidir o que comprar sem voltar dura pra casa, tentando lembrar de me alimentar pra não passar mal - como em 2007 - e preocupada em não perder nenhum ponto importante da programação. E, claro, no meio disso tudo reencontrando velhos colegas e amigos, e fazendo novos.
Só fiquei chateada porque no meio deste vai e vem, minha trança arrebentou e o cinto também já estava ameaçando despencar há algum tempinho, mesmo eu tendo diminuído o peso. Então fui obrigada a me trocar (sorte que eu tinha levado outra roupa) lá pelas 2h da tarde... Até que não foi de todo ruim, porque desde 2004 eu não me lembrava mais o que era andar livremente por uma Jedicon, sem fantasia 'com vida própria' (como disse o Alan, rs). Foi um alívio poder andar como 'civil'.

Até que deu pra conversar bastante com algumas pessoas, principalmente a Mary que arrasou em suas apresentações e fantasias!!! E que ficou meio decepcionada por eu não ter levado meus conlinks, mas eu prometo que termino até o próximo encontro... e vou querer ver o seu também, hein!
Conversei um pouco também com o Sergio (QuinLan), apesar de não termos sido apresentados. Muito gente fina!
Revi o também o Pellagos rapidamente no stand do CJ.
Fiquei muito triste quando percebi que tinha perdido a apresentação do Vode An, que eu estava ansiosa para ver.

Em compensação, não perdi nenhum segundo do Blades, que foi fantástico!!!


Confesso que quando o grupo surgiu tive medo que fosse uma 'imitação' do SaBReS, mas ficou claro que eles seguiram uma linha diferente.
Confesso também que não entendi bulhufas da história. Não que tenha sido mal contada... longe disso... mas eu estava tão concentrada em fotografar que não prestei atenção! Agora terei de esperar a versão romanceada e a continuação no ano que vem.
E provavelmente eu vou querer um sabre daqueles...

O G-3TO é que decepcionou um pouco. Gostei do PQP (Siginificaaaaaaaaa... hauhaua...), mas foi muito longo e isso tornou o 'programa' cansativo. Além disso, fiquei esperando que tivesse uma peça propriamente dita depois.
Mas o Strip Trooper, hauahuahau... Foi muito bom!!!



FINALMENTE consegui tirar uma foto com Lord Vader!!!
Todo ano eu tento, mas sempre acontece algum desastre comigo... Como em 2006 que meu cinto também despencou. Ou no Dia do Fã de 2005 que a foto simplesmente não saiu.

Gostei de poder ver um pedaço do "A Grande Chance" que eu perdi quando passou na TV. Ri muito com a 'mulher-melancia'. E falando em Grande Chance, foi emocionante a entrega da chave da moto à representante da ACDEM.
Fiquei triste que não tenhamos batido o recorde de alimentos. Acredito que eu não fui a única a levar mais de 1kg. Então, o que aconteceu?
O meu palpite: a impressão de que o público deste ano foi menor não foi só impressão! Apesar do espaço ser muito maior... Mas talvez os problemas de 2007 tenham afastado algumas pessoas.

Acredito que com o retumbante sucesso deste ano (com direito a destaque no site UOL) e pelo ano que vem ser o aniversário de 10 anos do CJSP vai trazer um público bem maior para uma festa ainda mais bela!!!

Adorei os vídeos que vi (pois não vi todos).

O Grito Wilhelm e o Star Wars Ewok Gospel - que podem ser encontrados facilmente no Youtube - foram os melhores!! (que meus parentes não leiam isso!!!) Ri muitoooooooo... O top 10 sons de Star Wars também foi ótimo!

E o que dizer das fantasias e cosplays???
Durante o evento parecia que tinha menos... Mas na hora do concurso achei que tinha mais ou a mesma quantidade. No Light Side quase não coube no palco.
Sem querer puxar sardinha aqui pra região, a família de Guará foi um show a parte! Isso é que é família unida!!! O AT-AT, as crianças e a vovó Yoda... todos fantásticos... sem comentários...



O Darth Maul estava perfeito! Até tirei foto de Making Of.


Os troopers e Lord Vader Marino com sua tradicional entrada triunfal.
Tinham muitos Jedi (além dos Blades), fora as Padmés e Maras... Não lembro de ter visto outra Leia além de mim desta vez. Ah, sim, teve a Leia "Caçadora de Recompensa" (não sei o nome daquela fantasia). [Editando: como fui esquecer da Andrea de Leia Slave? rs]


Darth Pri linda e simpatica como sempre!


Aliás, outro acontecimento foi o lançamento oficial do Rebel Legion Brasil para o qual vou entrar com certeza, assim que terminar os ajustes finais do meu cosplay e que decidir o dilema do capacete.

Enfim... adorei!!!
Tudo perfeito!!!

Só o que faltou foi quem não foi... Não tem jeito, eu sempre, SEMPRE sinto falta destes...
E falando nisso, tive uma grata surpresa... Quando vi a Cynthia chegando eu não consegui acreditar!

Vi comentários que esta Jedicon transmitiu um clima de total harmonia e é a mais pura verdade. Desde o momento que entrei na van até o momento que desci à noite senti que "a Força" estava conosco e tudo ocorreu tão perfeitamente bem que parecia surreal. E eu digo isso tanto do ponto de vista pessoal quanto em relação à organização e estrutura.
O único momento que me estressei um pouco foi no final, porque já era tarde e imaginei que a van fosse sair logo logo. Entretanto, eu não podia deixar de tirar a foto tradicional do final, mas o Esquadrão Cenoura tava demorando demais para se reunir...
Conclusão: não consegui tirar uma foto boa, apesar de 3 tentativas.
Essa é mais uma daquelas fotos que não querem sair de jeito nenhum, mas no ano que vem eu consigo...
Eis a desvantagem de ir em caravana: horário!

Desculpem o stress nessa hora, o meu pequeno xilique. Desculpem mesmo!!!

Depois fiquei com aquela sensação de "xiii, fiz de novo..."
Nos últimos tempos tive meu período Dark Side... até nick Sith eu usei.

Queria ter me despedido do pessoal, mas nem deu tempo. Só consegui cumprimentar o Chewie.
Mesmo que atrasado, sintam-se todos abraçados e parabenizados!!!


Sim, estou tentada a voltar pro CJ. Só não sei se estou preparada.
Como dizem por aí o tempo é sábio e o único capaz de curar até as feridas mais profundas!
Quem sabe no ano que vem... ;D


Fiquei muito feliz com os diversos recados e comentários que recebi no orkut.
Pela 1ª vez consegui postar as fotos na internet logo depois do evento e fiquei extremamente feliz que tenham gostado do meu trabalho!
Não estou totalmente satisfeita... Acho que posso evoluir muito ainda. E é muito bom receber o apoio de vocês para saber se estou no rumo certo!
Podem acreditar que fiz com todo carinho e dedicação!!!
E assim que terminar de editar mandarei as fotos em tamanho maior para quem me pediu, ok?!

Pra finalizar,
muitissimo obrigada a todos!!!
Pela receptividade, pela amizade, pelo carinho, pelos comentários, pela atenção, pelas risadas e pelos choros, enfim... por tudo!!!

Ano que vem espero estar com um cosplay melhor, fotografando melhor e com um vídeo bacana no concurso de fan films (que já estou tentando bolar).

Mais algumas fotos da Jedicon SP 2008:

___________

Agora, agradecendo os recados do último post.




Obrigada Marcio!
Estou mesmo ansiosa pelo nascimento deles... Tenho certeza que serão lindos e que será um dos momentos mais emocionantes que já tive.

ggand,
lembro de você sim. Vou te mandar uma MP aí agente conversa melhor, ok?!
Até o próximo post,
Um Abraço...
Que a Força esteja consco, sempre!!!

4 comentários:

Hermes ! disse...

Lady Soleitão, se quiser uma ajuda minha para fazer sua roupa para entrar no Rebel Legion, esteja à vontade para falar :) Meu e-mail é hermesiii@gmail.com , e muito obrigado pela menção à Rebel Legion! O que eu puder fazer, estou à sua disposição :)

Beijos daqui de Brasília!

Hermes!

Revoltado disse...

Criiiiiisss!
Não suma sua... sua.. sua...
Grande amiga!! hahaha
Saudades, pô!

Leu minha resenha no JediMania?
hehe
Fico feliz que em muitos pontos tivemos a mesma sensação e opinião... Isso significa que minha crítica condiz, nem que seja um pouco, com o sentimento da maioria... hehe (ah... se Folha de São Paulo pensasse assim...)

Só pra fortalecer: NÃO SUMA!
hehe
T+,
Bjo e Abraços.

Anônimo disse...

Grande Cris !!! É a primeira vez q acesso seu blog. Parabéns pelo trabalho fantástico ! As fotos estão muito legais e os comentários... muito reveladores rsrsrs. Gostei muito da foto da luta de sabres com obturação lenta ( deu pra ver a traletória dos sabres desenhada no ar . Show !)
Paulo Khur-allov

Aayla disse...

Ei, nobre guerreira, legal demais suas palavras! A JediconSampa foi isso mesmo que vc falou! Parabens!!!

MTFBWY
Dani Aayla
www.conselhojediminas.com.br

Postar um comentário

Muito obrigada pela sua visita e pela mensagem.
Comentário anônimos de ataque gratuitos serão deletados!
Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre!