terça-feira, 17 de novembro de 2009

Jedicon SP 2009 - EU NÃO FUI!


Quem convive diariamente comigo sabe, eu detesto dar satisfação! Não é à toa que eu trabalho por conta própria.
Mas, o que eu detesto mais do que ter que dar satisfações é deixar coisas mal entendidas, deixar brechas para mal estar e clima pesado.
Provavelmente dirão que sou paranóica [e sou um pouco mesmo], porém eu sempre tenho a impressão de que as pessoas ficam bravas, zangadas e chateadas comigo por motivos que eu mesma desconheço. É uma sensação desagradável e eu geralmente fico tal e qual uma barata tonta tentando descobrir o que há. E na maior parte das vezes o resultado é nulo. Mas beleza...
-
O post de hoje já é pra evitar qualquer desentendimento futuro. Se alguém sentiu ou não minha falta não sei e não vem ao caso... Eu só quero deixar claro que eu não ter ido na Jedicon SP 2009 não tem nada a ver com a minha saída do CJSP.
-
Putz! Eu aguardei essa Jedicon com tanta ansiedade quanto qualquer outro participante mais antigo. Seria a 10ª do clube e a minha 7ª. SETE ANOS! Isso não é pouca coisa... É uma história. A história de boa parte da minha vida e que guardo com um grande carinho no peito! Foi onde e quando vivi alguns dos melhores momentos da minha vida... E não digo isso para ser piegas, só digo porque é verdade!
Posso ter sido chata, polêmica, estressada e o caramba... Mas minha amizade sempre foi sincera e nunca fiz nada esperando recompensas em troca!
Posso ter feito e falado muitas bobagens e ter me metido em muita confusão à toa, mas foi por impulsividade e não por maldade!

Tanto eu estava ansiosa por essa Jedicon e predisposta a ir que preparei 3 cosplays novos pra usar esse ano. Não um, mas três. Já tinha separado o item pra pegar o autógrafo, tinha voltado a frequentar o fórum e etc... Estava até tentando convencer meu pai a ir comigo para podermos, além de fotografar como sempre, filmar também. Pretendia criar um bom material em DVD, tanto para recordação pessoal quanto para repassar a quem pedisse [como já fiz antes com as fotos, neste e em outros eventos].
-
Então, embora meus problemas pessoais não devam interessar a ninguém eu acho importante [principalmente para me sentir em paz comigo mesma] explicar porque não fui.
Eu sempre deixei bem claro que, morando em outra cidade, era difícil e caro ir pra São Paulo toda hora, mesmo que a distância seja pequena. Ultimamente se tornou muito mais caro!
Esse ano, 2009, financeiramente foi um desastre para nós [minha família], não só por causa da crise mundial, mas porque descobrimos que há uma pessoa inescrupulosa aplicando golpes aqui na nossa região: se passando por fotógrafo e cinegrafista para roubar o dinheiro de noivos e debutantes.
Como ele colocava o preço muito abaixo do mercado, perdemos muitos contratos por culpa dele e só agora o esquema está sendo 'desvendado', pois têm aparecido muitas pessoas contando histórias desses golpes aqui no escritório.
Inclusive o ponto onde até recentemente ele se situava foi pichado por algum cidadão revoltado!!!
-
O segundo motivo é que tirar a minha carteira de motorista está se transformando num inferno.
O excesso de burocracia atrasou demais meu processo, paguei muito mais do que deveria [disso tenho certeza] e ainda fui 'sacaneada' no exame prático. Só que não há para quem reclamar, onde recorrer... Aliás, se reclamar é pior. Então tive que pagar mais uma taxa absurda pra refazer aulas e exames. Dinheiro este que, com muito sacrifício, eu pretendia guardar para ir à Jedicon esse ano.
-
O terceiro e de maior peso: uma outra história de amor que dura 12 anos na minha vida.
Meu cachorro, o Toty, que me acompanhou por metade dos meus anos de existência começou a adoecer e ficar cada dia pior. E não descobríamos o que ele tinha.
-
Na 6ª feira passada ele ficou tão mal que, com uma forte dor no coração, decidi sacrificá-lo. Já há 2 dias eu vinha tentando me preparar para esse momento.
Por muita, muita sorte... ou talvez milagre... o veterinário disse que todos os problemas dele [sim, é mais de um] tem tratamento e cura. Só que isso não saiu de graça, é claro! Ainda assim não hesitei em tratá-lo da melhor maneira que eu pudesse.
Eu cuidei dele desde filhote. Duas vezes ele nos defendeu, expulsando ladrões de nosso quintal à noite. Já tive outros cães, mas ele foi o único presente na minha vida por tanto tempo e de forma tão especial. Por exemplo, em 2005 quando fui morar em Franca ele ficou depressivo com a minha ausência; quando voltei pra casa de surpresa naquela madrugada histórica da Estréia do Episódio III em São Paulo com o CJ... nossa! Eu nunca vou esquecer a festa que ele fez quando me viu!!!
Eu nem sei como explicar a falta que ele me faria!!! Não existe palavra pra definir isso...
Parafraseando os últimos livros que li, seria como para Lyra perder Pan ou como para Eragon perder Saphira, embora eu saiba que mais cedo ou mais tarde isso será inevitável.
-
Assim, também por um sentimento de culpa - pois me senti um pouco negligente com ele nos últimos meses pela falta de tempo -, decidi passar o fim de semana cuidando dele. E valeu a pena! Apesar da tristeza de ter perdido o evento, não me arrependo de ter passado o dia com ele! Até porque, se eu tivesse ido, preocupada e triste como estava, não teria aproveitado o evento.
Agora ele está voltando ao normal... Está comendo bem, andando e bagunçando, rs.
-
Espero que possam entender meus motivos, que foram muito além da minha simples vontade esse ano... E espero estar novamente com vocês ano que vem!!!
[Eu sei que o vídeo abaixo não tem nada a ver com o post, mas é uma amostra da minha amizade sincera: perdi horas fazendo ele, porque na época ainda estava aprendendo a usar o Adobe Premiere]
-
-
'May the Force be with you, always!'
-
P.S.: a foto acima foi roubada do orkut do Fabricio!

Um comentário:

Kinder disse...

Que pena a senhora não poder ter ido, Cris.
Espero te ver na próxima =]

Até \o

Postar um comentário

Muito obrigada pela sua visita e pela mensagem.
Comentário anônimos de ataque gratuitos serão deletados!
Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre!