domingo, 20 de junho de 2010

Star Wars e Belly Dance

Dê uma olhada na imagem ao lado. Não importa se você é homem ou mulher, gosta / entende de Star Wars ou não. Olhe apenas a roupa. Vai dizer que não poderia, tranquilamente, ser um "bustiê" [não gosto dessa palavra] de Dança do Ventre e que os outros acessórios também não serviriam para a mesma finalidade?!
-
Minha relação com a Dança do Ventre começou quando a globo passou 'O Clone'. ME APAIXONEI! Pela dança, pelos personagens, pela cultura... por tudo. Isso foi em 2002. Coincidência ou não, foi nesse ano também que o SBT passou toda a Trilogia Clássica de Star Wars antes do lançamento do Episódio II - Ataque dos Clone e eu também ME APAIXONEI!
-
Infelizmente, de lá para cá, eu nunca pude fazer aulas de Dança do Ventre, com professoras de verdade. Mas eu amava imitar Jade, Latifah e companhia. Quando comecei a estudar à noite, deixava o vídeo cassete gravando a novela para ver quando chegasse em casa. Geralmente pulava aquelas partes da Dona Jura e da chata da Maísa, a não ser quando fossem essenciais pra entender o capítulo. Mas o que me interessava MESMO era ver a parte mulçumana e, claro, as danças.
-
Acho que aprendi sim alguma coisa com Jade e Cia. Embora isso já tenha 8 anos, e nesses 8 anos eu sempre 'brinquei' de dançar DV, eu tenho plena noção que não chego nem perto de ser profissional e que com certeza faço muita coisa errada. Aliás, tenho movimentos ainda muito limitados e postura péssima.
-
Mas o que sempre me interessou nessa dança é dançar para mim mesma, me sentir feliz, bela e livre. É assim que me sinto quando danço (ou tento dançar). E nunca dancei em público, como apresentação e etc... que eu não sou maluca, rs. No máximo já arrisquei um ou dois passos numa festa de família.
-
Só que de tempos em tempos eu procuro informações na internet sobre o assunto. É difícil [e como] separar o joio do trigo. Tem muita gente que acha que entende do assunto e só fala bobagem. E mesmo fora da net, tem MUITA "professora de garagem" por aí. Eu mesma já fui convidada a fazer aulas com uma e recusei. Se um dia [pretendo ainda esse ano] eu for fazer aula, vou procurar alguém com talento e experiência comprovados. Aliás, tem uma academia excelente perto de casa, só falta a grana.
-
Voltando ao assunto...
Entrei, mais de uma vez, em comunidades do orkut sobre Dança do Ventre. Esses dias fui vasculhar uma que tinha entrado há muito tempo mas nunca tinha parado para ler e comentar. A primeira coisa que deu pra notar foi o tamanho do ego e da arrogância de certas mulheres. Só isso já me deu vontade de sair da dita cuja da comunidade e procurar fontes melhores.
-
Aí reparei num tópico intitulado "As Peores Roupas de DV". Sim, isso mesmo... a criatura, além de tudo escreve pEores!
Já no primeiro post a moça esculachava algo que, obviamente, não conhecia: Star Wars!!!
Embora algumas das outras moças tenham explicado para ela que se tratava de filme e etc, deu pra perceber que NENHUMA das mulheres da comunidade conheciam Star Wars direito. Pelo menos não o suficiente para dar uma explicação decente. Só não respondi porque o post era muito antigo e o tópico tinha tomado outro rumo.
O que acontece é que existe uma moça chamada Amira [não sei se é nome artístico, mas deve ser] que faz COSPLAY da Leia Slave [primeira foto].
-
O que essa Amira tem de diferente, sendo que é tão comum vermos COSPLAYERS de Leia Slave por aí?!
Ela pratica dança do ventre com a roupa de Leia Slave.
-
Pelas minhas andanças na net, achei algumas fontes realmente muito boas sobre DV, especialmente este site. E logo percebi que as pessoas tem ressalvas quanto à "fusões" e que outras abominam completamente. Compreendo. Não é legal desvirtuar uma cultura tão magnífica e tão milenar. Eu mesma prefiro o mais tradicional possível, salvo algumas excessões. Mas, como eu vi alguém comentar neste post aqui do Dança do Ventre Brasil: tudo depende do contexto! É preciso entender o contexto da apresentação para julgá-la!
-
E isso é justamente o que as moças e mulheres daquela comunidade não entenderam, por isso vou explicar:
Essa roupa, conhecida como Leia Slave, é usada pela personagem Princesa Leia Organa na primeira metade do último filme da Trilogia Clássica de Star Wars: 'Episódio VI - O Retorno de Jedi'.
Ela não usa tal roupa por vontade própria!
-
No final do episódio anterior, 'O Império Contra-Ataca', Han Solo - um  mercenário que, entre outras coisas, é o par 'romantico' de Leia [de um jeito bem peculiar] - foi capturado pelo Império e entregue a um caçador de recompensas chamado Boba Fett, que o leva para Jabba, the Hutt - um gangster para quem Han devia muito dinheiro.
-
O Episódio VI então começa com Leia e seus amigos tentanto salvar a vida de Han Solo. Só que o plano não sai bem como o esperado e ela também é capturada, tornando escrava de Jabba, the Hutt. Claro que eles tinham um plano B... Mas até serem resgatados, Leia tem que usar essa roupinha nada discreta!
Todas as escravas do palácio de Jabba, the Hutt usam roupas 'escandalosas'. E também praticamente todas cantam e/ou dançam.
-
Não, Leia não dança! E nenhuma das escrava cantam e/ou dançam nada sequer parecido com Dança do Ventre.

-
Então, o que raios Leia Slave tem a ver com Dança do Ventre?!
-
Absolutamente nada a priori, a não ser o fato de que é inegável que a roupa dela lembra realmente uma roupa de Dança do Ventre [bustiê adornado + cinturão adornado e saia + adereços].
-
A idéia de dançar DV com essa roupa foi da tal Amira. Confesso que eu tinha idéia parecida [não igual]. Um dia - há bastante tempo - estava procurando referências dessa roupa e encontrei um dos vídeos dela no YouTube. Sempre achei que dava para fazer algo de DV com essa roupa.
-
Mas, eu Cristina, jamais usaria essa roupa em público e muito menos dançaria em público com qualquer roupa de DV. Não tenho coragem, não mesmo!!!
Ainda assim, simplesmente por gosto pessoal, estou fazendo uma roupa de Dança do Ventre inspirada na Leia Slave. Só que mais fechada e com cinturão diferente [ou seja, não será cosplay]. Apenas para uso pessoal / particular.
Nesse ponto eu concordo com as mulçumanas: DV para se dançar apenas em casa. Não sou contra quem se apresenta... ao contrário, acho LINDO! Mas eu sou tímida demais para isso!
-
Não vou ser hipócrita: esse raio de figurino virou fantasia sexual para a maioria dos homens nerds do universo e até, se duvidar, dos não-nerds também.
Tem muitas, MUITAS, moças que fazem esse COSPLAY em eventos [no Brasil, principalmente nas Jedicons]. Não diria todas, mas geralmente essas moças são nerds também.
Se elas estão se expondo como objeto sexual?! Pode até ser... Porém, eu conheço uma que faz esse cosplay aqui no Brasil que é uma pessoa fantástica, maravilhosa e que não tem absolutamente nada de vulgar! Todos nós nerds cosplayers, de todo tipo de figurino, voltamos à vida normal depois do evento pelo resto do ano e costumamos ser até bem discretos no dia-a-dia.
Fazer um cosplay é justamente como ser um ator: incorporar o personagem apenas naquele momento / naquele dia. Além disso, no universo nerd - as moças estejam usando roupas provocantes ou não - são raríssimos os casos de desrespeito! Já em outros meios...
-
-
Minha opnião:
-
A roupa é um tanto vulgar? É.  Se não tomar cuidado, aparece tu-di-nho.
Se eu usaria um cosplay fiel dela, mesmo apenas em casa? Nem morta!
As moças que fazem esse cosplay são corajosas? Com certeza. Mesmo estando no meio nerd.
-
-
Agora, novamente sobre a Amira:
-
Sim, eu achei a idéia dela criativa e interessante [como disse antes, já pensei em algo parecido]. Não vejo problema nenhum nessa 'fusão', até porque - reparem bem - ela não apresenta essa performance no meio de DV [tipo festivais e concursos de dança ou eventos árabes].
Ela só se apresenta nos eventos do gênero [convenções de cinema, quadrinhos e literatura e não "eventos de anime" como alguém disse lá na dita cuja da comunidade de DV do orkut]. E eu duvido muito que nesses eventos alguém reclame, fazendo comentário do tipo: "Ai, que nada a ver! De onde ela tirou que a Leia é dançarina do Ventre?". Muito ao contrário! Pelo que vi no YouTube, o pessoal vibra quando ela entra no palco...
No nosso meio nerd e de fãs as "licenças poéticas" costumam ser muito bem vindas! Todo tipo de arte é incentivado: escritores de fanfics, peças de teatro [sérias ou cômicas], pintura e desenho, artesanato, coregrafias de lutas e de danças... tudo inspirado no Universo escolhido [no caso o de Star Wars], muitas vezes com doses de humor... E ninguém se zanga por isso!!!
-
Uma outra crítica contundente que vi na comunidade do orkut [e a partir daí começou a me parecer mais implicância do que qualquer outra coisa] é que ela não dança "certo".
Eu não sou profissional, então não posso julgar a técnica... Se ela tem postura, se sabe encaixar o quadril, se executa bem "oitos" e "camelos". Não sei mesmo julgar isso!
Só que existe uma diferença bem grande entre analisar a técnica, fazendo uma crítica construtiva e fazer zombaria do tipo "hahaha... olha lá, ela ainda acha que sabe o que está fazendo!". E foi esse tipo de coisa que vi naquela comunidade... e foi isso que me deixou chateada.
Disseram que era vulgar e que era melhor que a moça ficasse nua sem nem sequer se interessar em saber / observar o contexto da apresentação. Aqui vai um vídeo de Amira Leia Slave:
-
-
Leia Slave - ou também conhecida como Leia Metal Bikini - é, incontestávelmente, um fenômeno mundial. Essa 'imagem' vive no imaginário nerd há mais de 40 anos. Tanto que existe um site exclusivamente para as moças que ousam fazer esse cosplay e tem 2 brasileiras lá: http://www.leiasmetalbikini.com/
-
Agora, eu fico pensado... Se os 2 exemplos de vídeos que vou postar abaixo são aceitos no meio de Dança do Ventre, por que uma 'fusão' com Star Wars, feita exclusivamente para entretenimento em convenções, não pode ser aceita?!
Ou é só birra mesmo?!
-
-
-
P. S.: eu gostei de ambos os vídeos!!!
 -

5 comentários:

Celia Daniele disse...

Cris, obrigada pela visita ao blog!
Menina, vc tem um dom pra escrever, parabéns.
Bem, qto à Amira... ¬¬... Hehe, achei baita engraçado! Tipo, não fico bolada com essas fusões, pois como vc mesmo disse, não está num evento de dança do ventre, é mais uma brincadeira nerd dos fãs de star wars.
Também acho que não vale a pena ficar apontando se a garota dança ou não dança bem, a finalidade dela foi fazer uma brincadeira com aquela roupa de odalisca. Ah sim, minha opinião do porquê daquela roupa: bem, ela virou prisioneira e ficou junto com as escravas do tal Jabba, né? Isso não tá com a maior cara de harém? Acho que a produção quis trazer um estereótipo mesmo do harém, por isso a roupa de odalisca da Léia.
Agora, vc que está de fora já percebeu como o meio profissional da dança do ventre transborda em vaidades! É inquestionável que a dança do ventre faz bem à autoestima, mas algumas mulheres levam esse amor-próprio a extremos, e saem criticando tudo e todos que não sejam "amiguinhos". E outra coisa: crítica na dança do ventre em raríssimas ocasiões é construtiva, a maioria só critica "o outro lado", e só elogia as consideradas divas ou as suas, mesmo. Por exemplo, vc mostrou a fusão da Kahina com Thriller, a Kahina é hors concours para muitas dançarinas, é considerada top, uma das melhores do Brasil, então mesmo que as pessoas não gostem, elas não vão criticá-la abertamente. Agora se ela fosse uma desconhecida, mesmo sendo a fusão muito bem executada (pq eu achei muito criativa), vão cair pedras e mais pedras!
Ah, mas olha, a dança do ventre é muito mais que isso, viu? Vc comentando de quando dançava aos 8 anos, me lembrou a mim mesma! Só que eu sou mais velha, dançava toda vez que aparecia a festa da transformação da água pro vinho nos filmes sobre Jesus Cristo, huahuahua. Essa minha oportunidade para dançar, nasceu comigo! E hj em dia a dança do ventre faz parte em todos os sentidos da minha vida, mesmo eu não atuando no mercado profissional. Eu tb ando sem dinheiro para ter aulas, mas assim q pintar o din din estarei lá firme e forte! E olha: quem gosta assim como vc, já corrige todos os "defeitos" em poucas aulas! Espero te ver animada aí com a dança do ventre, e qqr coisa é só aparecer lá no blog! Bjos!

nada complicada disse...

Olá!! Menina quanto tempo, estava sentindo falta dos seus textos...tbm adoro Dança do Ventre, mas tenho "corpo duro", então não me arrisco a dançar, só admiro mesmo rsrsrs...

Ótima semana pra vc

bjs

Zingara disse...

Menina, vc tem um dom pra escrever, parabéns. [2]

Não entendo nada de dança do vente, nem de Star Wars. Mas a dança em questão é sensualíssima e, como dito, a personagem de Star Wars é o fetiche de nerds, ou não.

Logo, a junção dos dois artifícios deixará qualquer mulher o suprassumo da sensualidade. Creio eu.

Cris, espero que você consiga entrar numa aula de dança. Além de ser um exercício físico, ela vai te dar poderes extras. Certeza.

Anônimo disse...

NOOOOOOOOOOSSA, CANSEI DE TANTO LER. PENSEI Q FOSSE UM POST NÃO UM LIVRO!

Cris Soleitão disse...

Oi Celia.

Antes de mais nada agradeço muitissimo sua visita e seus comentários lá no meu blog!!!
Desculpe não ter respondido antes... Sei que já faz muito tempo... Mas eu sou bastante atrapalhada pra responder recados e e-mails.

Sim, sim. O palácio de Jabba possui um harém. Sem sombra de dúvidas é essa a inspiração. As roupas das outras escravas em nada se parecem com um harém... mas eu creio que o motivo disso é que a Leia devia se destacar das outra. E funcionou muito bem.

Sobre a vaidade e as mesquinharias do meio. Nem é só coisa da área de Dança do Ventre profissional. Isso é coisa do meio artístico de forma geral. Eu convivo com isso desde que nasci - e não consigo me acostumar. Sempre fico indignada - pois meu pai é fotógrafo, eu já participei de grupos de dança de outros tipos na escola, de um coral... de fã clubes - incluindo o de SW mesmo. Tenho contato com algumas pessoas de teatro e cinema. E em TUDO que mexa com arte, sem excessão, é assim!!! Infelizmente... Isso às vezes me deprime muito!
Porém o que me deixou mais indignada no caso daquela comunidade e me impulsionou a fazer o post é que elas estavam criticando algo que não conheciam. Se vai criticar, no mínimo se informe sobre o assunto!

Ah, vc confundiu. Na época que eu conheci a DV através da novela eu tinha 17 anos e não 8. O que eu quis dizer é que isso foi 8 anos atrás... Pois a novela passou em 2002. rsrs...

Ah, pode deixar que assim que eu começar as aulas faço um post sobre isso e deixo um recado no seu blog.
Aliás, adoro seu blog!!! Estou aprendendo muito com ele... E é muito legal ver as traduções das músicas, que de outra forma eu não teria acesso.

Parabéns pelo excelente trabalho!!!


Olá Garota!!!

Tudo bem?

Ah, nem tem essa de "corpo duro". Se você começar a fazer aulas aprende a se soltar e logo logo tá cheia de ginga, rs. ;D

Oie Zin!

hahahha... poderes extas. Adorei!!!

Nha... obrigada!!!
To em dívida lá com o CF também... mas prometo que essa semana boto minha parte em ordem, ok?!

Bjokas...

Anônimo-que-eu-desconfio-quem-seja.

Se for quem eu to pensando, eu passei pelo seu blog dia desses e deixei uma bíblia lá né..... hauahauha... de fato, eu não consigo escrever pouco.
Mas olha, não confunda: isso aqui é um blog e não o Twitter que só cabe 140 caracteres. Se prefere ler apenas algumas poucas linhas, é mais indicado: www.twitter.com/CrisSoleitão ;D

Agradeço a visita!!!

Postar um comentário

Muito obrigada pela sua visita e pela mensagem.
Comentário anônimos de ataque gratuitos serão deletados!
Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre!